saopaulo.sp.gov.br
|
Cidadão SP
       
/goversp
Cultura e
Economia Criativa
Compartilhe este evento
Notícia
Qual a importância da Classificação Vocal?

Sabia que a classificação vocal é muito importante para manter a saúde e a longevidade da carreira dos cantores?

Quem falou sobre esse tema pra gente foi Edna D’Oliveira, @doliveiraedna professora de canto da @emesptomjobim, que lembrou do quanto uma classificação vocal cuidadosa pode ajudar cantores a escolherem os personagens mais adequados e a manterem a voz sempre bonita e saudável. Quer saber mais sobre o assunto? Vem cá!


Sabia que a voz influencia até mesmo na escola dos personagens? É claro que isso depende do repertório, mas, em geral, sopranos fazem mais personagens de mocinha e contraltos de vilã, por exemplo. Isso acontece porque cada personagem pede uma característica vocal diferente, seja ela mais doce ou encorpada.

“A técnica tem que corresponder ao personagem e às características e tessituras vocais que o personagem propõe. Os compositores já escrevem pensando em um tipo de voz adequada para aquele personagem”, destaca a professora.

Segundo Edna, o mais importante é entender que a classificação vocal desempenha um papel crucial no desenvolvimento da voz e do progresso dos cantores. Uma carreira é determinada por esse caráter vocal que esse cantor desempenha, que vai permitir que ele tenha saúde vocal ou não.
Esse conforto vocal é fundamental para o desempenho de um bom repertório e uma longa carreira.

Edna D’Oliveira lembra também que essa classificação é feita de maneira correta na fase adulta, já que, influenciada pelos hormônios, a voz costuma mudar bastante no período da adolescência. Para os meninos essa mudança acontece entre os 11 e 15 anos e, para a meninas, de maneira menos acentuada, entre os 13 e 16 anos.

No canto lírico existem algumas classificações diferentes, como, por exemplo:

Soprano: soprano ligeiro, soprano lírico, soprano dramático
Mezzo-soprano é: mezzo-soprano lírico, mezzo-soprano dramático e contralto.
Contra-tenor (parecida com a mezzo-soprano, mas em um corpo masculino).
Tenor: tenor lírico, tenor ligeiro e tenor dramático
Baixos: Barítono e Baixo
Barítono lírico ou Barítono central, barítono dramático
Baixo: Baixo ou Baixo profundo (que é a voz mais grave).

E você, sabia dessa importância?

Theatro São Paulo 2021 © Todos os direitos reservados