saopaulo.sp.gov.br
|
Cidadão SP
       
/goversp
Cultura e
Economia Criativa
Compartilhe este evento
Notícia
Ópera: Um ‘esporte’ de alta performance

Ao escalar um time, o técnico de futebol busca a harmonia e a melhor performance. Um atacante pode ter uma performance brilhante, potencializada quando joga ao lado de outro artilheiro, ou pode ser apenas mediano se a escolha não for acertada. A seleção do elenco de uma ópera não é diferente, na opinião do maestro Emiliano Patarra, diretor artístico de Elixir do Amor, que estreia dia 26 de junho no Theatro São Pedro. “Você pode ter um cantor com um timbre maravilhoso, mas o volume da voz não é tão grande. Se ele atuar ao lado de outro que tem uma voz menor, este vai desaparecer”, explica antes de ilustrar:

“Em Elixir do Amor, as vozes dos personagens Belcore e do doutor Dulcamara devem ser próximas, mas se tiverem a mesma ‘cor’, não haverá distinção.”

Ainda pegando carona no esporte, a abertura das cortinas para uma récita pode ser comparada à largada da Fórmula 1 – exige alta performance dos participantes. Só a título de curiosidade, os cinco atores, cinco solistas, 28 coralistas, os 55 músicos da orquestra e o maestro que subirão ao palco para a apresentação da ópera chegam a perder, juntos, 188 litros de água.

AGENDE-SE

Elixir do Amor – Orquestra do Theatro São Pedro

Regência: Emiliano Patarra; concepção e direção de cena: Walter Neiva

De 26 de junho a 7 de julho, terça a sábado, às 20h30, domingo, às 17h30.

Ingressos: R$ 40,00, R$ 30,00, R$ 20,00 e meia-entrada na bilheteria do teatro (fone 11 3667-0499), de quarta a domingo, das 14h às 19h.

Theatro São Paulo 2021 © Todos os direitos reservados