saopaulo.sp.gov.br
|
Cidadão SP
       
/goversp
Cultura e
Economia Criativa
Compartilhe este evento
PROGRAMAÇÃO  /  Matheus Caitano & Rafael Dalchau | Café Concerto EMESP
Matheus Caitano & Rafael Dalchau | Café Concerto EMESP
No dia 5 de novembro, sexta, às 19h30, o duo Matheus Caitano & Rafael Dalchau se apresenta no café do Theatro São Pedro.

No repertório estão obras de Sivuca e Oswaldinho do Acordeon, João Pernambuco, Pixinguinha e Chiquinha Gonzaga.

A apresentação antecede a ópera Os Sete Pecados Capitais no palco do Theatro. Garanta seu ingresso pela bilheteria digital theatrosaopedro.byinti.com








Matheus Caitano – Violão de 7 cordas

Matheus Caitano é saxofonista e violonista, iniciou seus estudos musicais na instituição ULM (atual Emesp) em 2008, onde cursou Saxofone Erudito com Milton Vito. Em 2015 conheceu o choro através do Programa Vocacional e sob as orientações de Eva Figueiredo iniciou um trabalho de apreciação e pesquisa focado na música instrumental brasileira, através desse projeto teve seu primeiro contato com a música popular, nesta época formou o grupo Filhos de Eva. Em 2016 conheceu o carnaval de rua e passou a integrar a ala musical dos Acadêmicos da Nove de Julho e participou do curso livre da EMESP Pixinguinha na Pauta, orientado pelos professores Jane do Bandolim, Luiz Guello, Marcelo Cândido e Michel Moraes. Em 2017 passou a integrar o coletivo Xoroxangô e a tocar choro semanalmente no centro de São Paulo, também participou junto ao grupo discente de choro do Instituto de Artes da UNESP, do 1º Seminário de Música Brasileira da instituição, ministrado por Paulo Castagna. Em 2018 começou a estudar violão de 7 cordas e no mesmo ano, junto a 4 amigos estudantes, fundou o grupo de choro Regional do Seu Fagundes, formado por jovens periféricos. Em 2019 começou a fazer aulas de violão 7 cordas com Edmilson Capelupi, no curso de formação da EMESP.

 


Rafael Dalchau – Vibrafone


Rafael Dalchau, Natural de Caieiras - SP, iniciou os estudos em percussão em 2005, na fanfarra da mesma cidade. Em 2010 integrou o naipe de percussão da Orquestra Filarmonica Melhoramentos, sob direção de Luiz Crema. Estudou na Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP) de 2012 a 2015, onde cursou percussão erudita com o professor Heri Brandino. Também participou do Grupo de Percussão e teve aulas de percussão orquestral, sob direção de Paulo Zorzetto. Durante o ano de 2013 integrou o naipe de percussão da Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos (OJMG), sob regência de Emiliano Patarra. De 2014 a 2015 participou da Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo, sob regência de Mônica Giardini. No mesmo período realizou concertos com a Orquestra Jovem Tom Jobim, como músico convidado, onde realizou concertos com músicos como Nailor Proveta, Ricardo Herz e Toninho Ferragutti.

Em 2018, formou-se bacharel em percussão pelo Instituto de Artes da UNESP, onde reside o grupo PIAP, com o qual realizou concertos e eventos de 2015 a 2018. Integrou o naipe de percussão da Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo (OSJESP) de 2016 a 2020. Atualmente realiza trabalhos com percussão popular e sinfônica, e ministra aulas de percussão e teoria musical na Associação amigos da Fanfarra de Caieiras, onde também dirige o naipe de percussão.

 
Theatro São Paulo 2021 © Todos os direitos reservados