La Clemenza di Tito, de Mozart

La Clemenza di Tito, de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791), estreia no Theatro São Pedro no dia 26 de abril. Com 5 récitas, o título fica em cartaz até o dia 5 de maio. Dividida em 2 atos, a ópera tem libreto de Caterino Mazzolà, escrito com base no texto de Pietro Metastasio.

Dia 26/04, 20h | sexta-feira [estreia]
Dia 28/04, 17h | domingo
Dia 01/05, 20h | quarta-feira
Dia 03/05, 20h | sexta-feira
Dia 05/05, 17h | domingo
Dia 24/04, 19h (ensaio geral) | quarta-feira [entrada gratuita]

Ingressos de R$ 80 a R$ 15 (meia), à venda no site theatrosaopedro.byinti.com
Duração: 2h40, com um intervalos de 20 min


Sinopse

Situada em Roma, por volta do ano 80 d.C., a obra conta a história da determinada Vitellia, que passa a conspirar contra o imperador Tito Vespasiano (39-81) após ser preterida como sua esposa. A trama, cheia de intrigas e reviravoltas, tem como norte a virtuosidade do imperador, capaz de compreender e perdoar os atos mais torpes.

Uma das últimas obras escritas pelo compositor, La Clemenza di Tito foi encenada pela primeira vez no dia 6 de setembro de 1791 – apenas três meses antes da morte de Mozart, em 5 de dezembro daquele ano.

Com direção musical do maestro alemão Felix Krieger, e concepção, encenação e iluminação de Caetano Vilela, a montagem propõe uma reconstrução da antiguidade romana retratada na ópera de Mozart.

Leia o resumo de La Clemenza di Tito

Leia a nota de programa “A Clemência e a Generosidade como Armas”
Por Ligiana Costa


Clique nas fotos abaixo e confira a biografia da equipe

Orquestra do Theatro São Pedro
Caetano Vilela | concepção, encenação e iluminação
Felix Krieger | direção musical
Fause Haten | figurino
 
 
Caio Duran | Tito Vespasiano
Gabriella Pace | Vitellia
Luisa Francesconi | Sesto
Luciana Bueno | Annio
Marly Montoni | Servillia
Saulo Javan | Publio
Academia de Ópera do Theatro São Pedro